A vida pós carnaval

Existe vida pós carnaval.

Não lembro da experiência mais cansativa e ao mesmo tempo encantadora e cheia de brilho (além do glitter), alegria, vontade de viver e ser feliz que eu tenha tido nos últimos meses, quem sabe anos.

Não lembrava do que era carnaval. A convivência com pessoas que não gostam me fizeram achar que talvez tivesse desgostado dessa pequena época do ano em que as pessoas perdem a vergonha, mas não esquecem de deixar a felicidade ser o personagem principal da vida.

Carnaval pra mim é isso; ser feliz. Não importa como, porque, onde ou com quem. Ser feliz é o que importa.

carnaval 2

Esse carnaval marcou a minha vida, não viajei, não fui pra nenhuma festa cara, não usei salto nem roupa nova, e a vida me surpreendeu da melhor forma. Foi o carnaval mais feliz, mais alegre, mais pé no chão, com mais sorrisos e fantasias que eu poderia ter!

Carnaval, seu lindo. Até 2017.

carnaval

Ah, sim, me fantasiei de tiro ao alvo e amei!

Beijos Gi

LDS

Na semana que tá rolando o SPFW, não tinha como ser muito fora do assunto, links da semana no ar e o assunto principal; moda, moda e moda!

1 – Você conseguiria usar a mesma roupa para trabalhar durante o ano todo?

roupa-interna

2 – A internet e sua liberdade de expressão utilizada de forma ignorante.

1-4_jxcxprUJd4of3k6bRqQA

3 – O provador pode ser um inimigo -se você deixar.

tumblr_n16bmz5i6N1r0wotjo1_1280

4 – 49 formas de atualizar o look pro inverno.

OUTNO-INVERNO-TENDENCIA-1-620x1051

5 – Experimentando e aprendendo.

katiegrandlocona

Beijos Gi

Desligando o wifi

large (1)
Fonte: Pinterest

Outro dia tentei calcular quanto tempo do dia que eu ficava online,  vendo fotos no instagram, conversando com amigos, ou até pesquisando coisas pro blog ou do direito, e nossa foi difícil saber quando que eu não estava online.

Já pensou nas coisas que você fazia quando não usava a internet ? Nem faz tanto tempo assim, mas como a gente não consegue nem imaginar a vida sem ela, parece ser algo muito distante.

Acho que hoje a vida de ~quase~ todo mundo gira em torno da internet, e essa necessidade absurda, faz das pessoas cada vez mais escravas disso. É aquele mal necessário que sabemos que em excesso atrapalha.

De uns tempos pra cá tenho pensado bastante nesse hábito ruim, de como as pessoas pararam de olhar em volta para olhar para a tela do celular. Quanta coisa nós perdemos quando paramos de viver de verdade para ficarmos conectados em excesso, como ir a uma festa e não tirar foto porque a festa tá tão boa que ninguém nem lembrou de parar de se divertir pra registrar o momento, ou aquela foto com a amiga no barzinho que ficou para depois porque a conversa estava boa demais pra ser interrompida por uma selfie, ou ainda aquele dia de sol que acabou não sendo postado porque o dia estava perfeito pra um passeio de bicicleta até anoitecer. São coisas como essas que paramos de viver, porque priorizamos a vida conectada e não lembramos que a vida lá fora é MUITO mais interessante.

No próximo encontro com os amigos, desligue o wifi, aproveite o momento, jogue conversa fora, ria até a barriga doer, valorize quem está do seu lado na vida real, e amanhã quando você acordar, a internet vai estar no mesmo lugar te esperando.

Beijos Gi

Um salve pra careta do dentinho!

Essa semana foi ao ar no site BuzzFeed uma matéria no mínimo interessante sobre a tática que uma jovem escolheu usar para espantar grosseiras mascaradas de cantadas.

enhanced-22907-1426614353-3

“Foi aí que um cara que passava na direção contraria da minha veio me olhando escrotamente, me encarando, e daí antes dele falar alguma coisa eu fiz a careta do dentinho. O cara estranhou e passou reto”, conta Débora.

Com o poder do “dentinho”, Débora conseguiu fazer parar o assédio. “Cês não tem noção, de um segundo pro outro eu parei de receber cantada, tipo, NENHUM CARA MAIS MEXEU COMIGO!”

Concordo com o site que essa é a melhor tática para evitar cantadas agressivas da história e digo mais, a Débora Adorno é uma gênia! Assim que eu li, óbvio que ri bastante, mas depois achei a ideia sensacional, porque quem nunca morreu de vergonha por ser obrigada a escutar cantadas agressivas e muitas vezes seguidas de caras e gestos, no mínimo nojentos, e já que é pra passar vergonha, prefiro mostrando o poder do dentinho, no meu caso do aparelhinho!

Recrimino e sou contra esse tipo de assédio que te obriga a receber de um desconhecido palavras e opiniões agressivas e que não te interessam, e diferente do que muita gente fala, isso não é cantada nem elogio em lugar nenhum desse planeta!

Obrigada Débora, já que não podemos educar todos os homens, vamos rir da cara deles! E viva a careta do dentinho!

Já que estamos falando disso, que tal expandir as tentativas de evitar que estranhos te ataquem com palavras? Nesse vídeo a ideia é a mesma, só a careta que muda : )

Beijos Gi

Links da semana

Assisti os 50 tons de Cinza e mesmo sem ter lido o primeiro livro inteiro, preciso confessar que meu pensamento mudou bastante e foi do machismo-explorador-sexual-barato, para uma história (com romance inclusive), que atinge algo mais profundo, psicológico eu diria. Juro que sai do filme intrigada e cheia de questões que gostaria de debater com algum psicólogo.

1 – Aproveite a vida no presente.

o-HAPPY-facebook

2 – 50 Tons de Cinzas – Um filme questionador.

cinquenta-tons

 3 – Um jeito divertido de usar a câmera do celular.

original-2976-1425378381-9

 4 – Um DIY fácil e que vai deixar seu moletom muito mais glamouroso.

DIY_MOLETOM9

5 – Um relato sobre aborto.

aborto
Beijos Gi

Você está pronto para receber um feedback no trabalho ?

Pensa aí, como anda o relacionamento com seus colegas de trabalho ? Se tivesse que contabilizar, o saldo seria de mais críticas ou elogios? Se você fosse o seu próprio chefe, gostaria de ter um funcionário como você ?

Receber um feedback de uma maneira boa é um ótimo meio para crescer profissionalmente, eu sei que não é fácil ser chamado para uma reunião de surpresa com o chefe -muita gente tem pavor disso, prefere não saber de nada a estar diante de uma possível crítica. Mas saber ouvir, antes de qualquer coisa, pode ajudar, e muito, no amadurecimento profissional.

large (7)

Controlar a ansiedade de querer saber se todo aquele bla bla bla é positivo ou negativo é um segundo passo, encarar que a conversa é para ajudar, é a melhor forma de tirar algo bom de uma crítica.

Então, a dica é, escute, escute e escute, com atenção, para no final, você – sozinho, avaliar tudo que foi falado, aonde precisa melhorar, os pontos que está acertando, tenha certeza que você vai receber dicas valiosas de alguém mais experiente que você e que vão ser de grande ajuda para dar mais um passo.

4 dicas práticas de como receber bem um feedback:

1. Controle seus pensamentos

Preste atenção no que está sendo falado, tente não desviar o pensamento e nem pense em interromper quem está falando. Esse não é um momento para emoções. Para crescer, é preciso ter postura madura, humilde e aberta.

2. Evite fazer ironias ou reclamações

Apesar de instintivas, pois nos sentimos ameaçados quando recebemos críticas, essas reações não trazem nenhum benefícios. Ponha isso na cabeça; fazer comentários agressivos ou irônicos, podem acabar com uma boa conversa e até prejudicar a relação com o chefe.

3. Adote uma postura educada e tranquila durante a conversa

Nada de cara feia para o chefe, nem de braços cruzados, olhar disperso também não ajuda e nunca-nunca-nunca leve o celular para um feedback, não é hora de atender ligações, responder whatsapp ou mandar mensagens.

4. Reflita sobre o que foi dito

Mas faça isso depois, sozinha, com a cabeça fria, sem grandes emoções. Quanto mais sincera for consigo mesma, melhor, nada de cabeça dura. Evoluir é recompensador, pense nisso!

large (9)

Gostam desse tipo de post? Falem nos comentários!

Beijos Gi