Coisa de brechó

loja1_large

Nem sempre é possível comprar tudo que queremos, é muito desejo pra pouco salário rs, nessa horas eu aconselho dar uma boa arrumada no armário, tirar tudo e olhar peça por peça antes de colocar tudo de volta, tire um sábado ou domingo pra fazer isso, vai levar uma boa parte do dia, mais no final você vai ver que tem roupa que você nem lembrava que existia, coloque á vista aquilo que você pode usar mais, seja pra trabalhar ou dia dia, isso rende novas combinações e a sensação é de ter roupa nova!

A segunda dica é ir comprar em brechó, existem alguns blogs como o Small Fashion DiaryTem no meu quintal e Tá tudo caro, que dão informações ótimas sobre brechós pela cidade, eu já comprei em brechó várias vezes e sempre fiz ótimas compras, brechó não é loja gente, deixe o preconceito do lado de fora e descubra peças diferentes, garimpe mesmo, provavelmente vai encontrar peças normais e que poderiam estar em qualquer outro lugar, mas o que eu gosto mesmo é encontrar peças atemporais, algumas com uma carinha mais vintage, ou mais conceitual e que podem resultar em ótimas combinações com as tendências de agora, e a um preço bem mais em conta.

Não lembro a primeira vez que comprei em um brechó, mas acho que fui influenciada pela minha mãe, que sempre encontrou coisas legais em brechó e acabou me incentivando a garimpar também. Não fiz visitas em muitas brechós, conheço de verdade só dois, que são os que eu frequento e indico pra todo mundo!

Rua das Laranjeiras, em laranjeiras, nº. 21, quase no final da galeria, não sei o nome do brechó.

Brechó Nossa Senhora da Glória, na Rua Gago Coutinho, nº. 25, ali perto da Praça do Lgo. do Machado, na lateral da Igreja Matriz Nossa Senhora da Gloria, em um portão verde, só chamar que uma das senhoras que trabalham lá vem atender.

Já passei na frente de alguns brechós por aí, mas a bagunça do lugar e a falta de cuidado com as coisas me fizeram nem entrar, isso pra mim conta muito, acho difícil achar alguma legal no meio de tudo desordenado, sem preço, sem informação de peça, fora que acho muito constrangedor ficar “fuçando” as coisas, sei lá, eu não gosto, fica a dica pra quem pensa em abrir um brechó/bazar. Esses dois que eu indiquei possuem um preço de acordo com o preço que esperamos de um brechó, as araras são divididas e organizadas, acessórios e roupas são separados facilitando a procura, é possível encontrar peças ainda com etiqueta e eu sempre tiver sorte com as funcionárias, me atenderam super bem todas as vezes que fui lá.

Aproveite os guias de brechós e vá conhecer algum perto de você, me manda um e-mail contando como foi a experiência, quem sabe não vira assunto pra mais um post sobre brechós!

Beijos Gi

Anúncios

Um comentário em “Coisa de brechó

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s